\ Resenha: paleta de corretivos Koloss

koloss-1

Você usa alguma paleta de corretivos? E de contorno? Dia desses, comprei a paleta que aparece aí na foto, da marca Koloss, porque achei que ela parecia bastante profissional e o preço estava bem amigo. Eis que nós, da Equipe DDQ, estávamos conversando sobre o assunto e achamos interessante resenhar o produto por aqui. Quer conhecer melhor a paleta? É só continuar lendo! \o/

koloss-4

A embalagem é bem simples e um tanto comum: já vi algumas makes gringas com apresentações bem parecidas com esta, só que com um espacinho na frente para o pincel. Não parece ser muito resistente a quedas, mas até aí poucas embalagens são, certo?

koloss-2

A Koloss tem três tipos de paletas de corretivos e a que aparece acima é a 03 – Perfeição, que tem a cor verde entre elas. Sempre ouvi falar que o tom verde é ótimo para cobrir espinhas e queria muito um destes em casa praquele momento de desespero (leia-se: época da TPM, nada fácil). Por isso, o fato de ter essa cor em especial chamou a minha atenção e preferi a terceira paleta.

Mas vamos falar de todas as cores presentes ali? Vamos! \o/ São cinco tons que, para a minha pele, funcionaram desta maneira: o bege quase branco vira iluminador, o bege claro pode ser um corretivo, o bege escuro é ótimo para fazer contorno, o amarelo, perfeito para cobrir olheiras ou manchas mais arroxeadas e o verde cobre manchas vermelhas ou, né, as temidas espinhas! #VidaDifícil

koloss-3

Eu pensei que a textura fosse mais firme, mas ela é bem fininha. Você encosta o dedo de leve e já o carimba um pouquinho, sabe? No começo, achei que isso fosse um ponto negativo, mas, ao ver diversos tutoriais de contorno com paletas do tipo, percebi que, quando a textura desse tipo de produto não é mais “lisinha” assim, ele pode ser difícil de espalhar e depois ainda corre o risco da ficar craquelado. Por isso, a textura da paleta da Koloss acaba sendo boa.

koloss-5

Acima, como ficou na minha pele o iluminador, o bege claro e o bege escuro. Visto desta forma, parece que o iluminador não tem tanta diferença com o bege claro, né? Eles são bem parecidos, mesmo, eu só notei que o bege claro é um pouquinho mais rosé e denso. Já o bege escuro eu achei um tanto mais claro do que aparentava olhando na paleta. Como sou muito branca e iniciante na maquiagem, achei isso até bom para não acabar marcando o rosto demais. Agora, se você tem um tom de pele mais escuro e e quer comprá-lo para fazer de corretivo, talvez tenha que ficar ligada nisso! :)

koloss-6

E aqui a gente vê o amarelo e o verde. A dica é pegar bastante do produto na ponta do dedo e dar umas batidinhas em cima do lugar desejado, sabe? Depois você passa o resto da make pra uniformizar a cor, claro, porque ninguém vai sair pintado de verde e amarelo na rua, a não ser que seja época de jogo do Brasil. :P

Aliás, pra quem não entende porque o amarelo cobre a cor roxa e o verde cobre o vermelho, é só ver um daqueles círculos cromáticos: trace uma linha reta de frente para a cor que você quer cobrir e aquela que for oposta a ela é a cor que você deverá usar. :)

A respeito da fixação, achei bem ok. Embora não pareça aguentar um dia inteiro, eu usei por umas quatro horas e, quando voltei, ainda estava tudo certinho! Mas não é aquele tipo de maquiagem com a qual você vai poder ir para vários e vários lugares sem passar por um espelho para ver se está tudo certo, sabe?

Resumindo, curti. Quero comprar outras paletas do tipo mais pra frente para fazer um comparativo. Mas, para a minha primeira paleta de corretivos, eu adorei! Se quiser comprar, acesse este link. 

Curtiu a resenha? Já usou o produto ou sabe de algum similar pra indicar? Fala aí!

\ comentários


\ Os mais amados