\ Revitalização facial: passo-a-passo!

Olá, gente!! Quem não busca uma melhora na pele para ficar com aquela sensação de pele aveludada? A revitalização facial chegou exatamente para isso! Pedimos para a querida fisioterapeuta Josete Lutkus para explicar a vocês um pouco mais a respeito desse procedimento:

O que é de revitalização facial?

A revitalização facial é um procedimento estético que propicia a renovação celular da pele e uma profunda hidratação. É uma técnica regeneradora, nutritiva que favorece o rejuvenescimento mantendo o equilíbrio dos nutrientes e ph da pele. Promove uma aparência saudável, hidratada e jovial. Ajuda no retardo do processo natural do envelhecimento, tornando a pele mais viçosa e luminosa.

Benefícios da revitalização facial:

  • protege contra os radicais livres que causam danos oxidativos na pele, prevenindo o envelhecimento precoce;
  •  ajuda a clarear manchas como melasmas, melanoses, fazendo a retirada de células mortas;
  •  melhora a textura da pele, assim como a maciez, nutrição e combate o aparecimento de rugas finas e linhas de expressão.

Contra-indicações:

A revitalização facial é contra-indicada para pessoas que apresentem:

  • alergias por contato
  • micoses
  • lesões na pele
  • acnes inflamatórias

Tratamento

Uma revitalização facial eficiente deve conter seis etapas, independente do tipo de pele: 

  • Higienização: assepsia do local com emulsão de limpeza, demaquilante, gel ou sabonete líquido, de acordo com o tipo de pele. Limpe toda a face, pescoço, colo e também as orelhas.
  • Esfoliação:  é uma técnica que utiliza cosméticos com microesferas para retirada das células mortas da face, assim a pele se torna preparada para receber os próximos procedimentos, potencializando os resultados. Algumas clínicas utilizam peeling físicos ou peeling químicos. Recomenda-se utilizar equipamento de alta frequência após a esfoliação por ter ação bactericida, fungicida e anti-inflamatória.
  • Tonificação: equilibra do PH e prepara a pele para receber a hidratação.
  • Hidratação: o objetivo desta etapa é reestruturar a pele do desgaste natural, causados pela poluição, sol, vento, maquiagem, fumo, álcool, alimentação inadequada entre outros. A hidratação promove uma renovação celular, melhorando a textura, brilho e a saúde da pele facial. Faz-se necessário a aplicação de produtos higroscópicos, que tem a finalidade de reter água nas células da pele, repondo assim as necessidades diárias.
  • Nutrição: utilizam-se ativos vitamínicos e nutrientes perdidos diariamente pelo stress oxidativo como as vitaminas, proteínas e oligoelementos, essenciais à saúde da pele. Nesta etapa devem-se utilizar equipamentos que auxiliam na permeabilidade (penetração) destes, como ultrassom, radiofrequência por 4 minutos em região orbicular dos olhos, corrugador e frontal. Podemos destacar alguns ativos como o ácido glicólico, aquaporinas, oligoelementos (silícios, cobre, cálcio), ácido hialurónico,colágeno e elastina.
  • Proteção solar: a proteção conforme seu tipo de pele e o fator no mínimo 30 FPS.

Duração de cada sessão: uma hora à uma hora e meia.

Número de sessões: dependendo do estado da pele de quatro a dezesseis sessões, sendo uma vez por semana.

 

Tratamento em casa

Como todo tratamento de pele, recomendamos a seguir alguns passos necessários para uma continuidade nos cuidados à sua pele em casa:

1º – pela manhã e noite, lavar o rosto com sabonete líquido e após enxague abundantemente com água retirando todo sabonete.

2º – utilize um tônico para tonificar e equilibrar o ph da pele. Ele também ajuda como bactericida contra agentes nocivos externos.

3º – utilize um hidratante facial para seu tipo de pele.

4º – durante o dia, repasse o filtro solar com fator de proteção no mínimo 30 FPS. Caso lave o rosto ou entre no mar ou em piscina, repassar o protetor solar.

5º – a noite ou após chegar da rua, reiniciar procedimento item um, e assim por diante.

 

E agora? A pele fica ou não um veludo?

\ comentários


\ Os mais amados