\ Um belo dia resolvi mudar, e rever tudo que eu devia comer...

Faaala galera, tudo certo?

Estou atrasada com esse post, eu sei, prometi ele a séculos mas só criei coragem para vir falar disso hoje. Depois de 2 meses de intensas mudanças.


Pois bem, vamos começar pelo começo. Vou tentar deixar esse post o menos chato possível, então vamos a alguns fatos estranhos sobre a minha ex-alimentação:

☠ Meus desvaneios alimentícios:

☠ Frutas e verduras não faziam parte do meu cardápio a anos (tipo uns 20).
☠ Já almocei Hot Pocket TODOS os dias (menos finais de semana) durante um ano inteiro. (não sei como não tenho câncer ou morri nesse tempo.)
☠ Chocolate, bala de goma, pão, farinha e açúcar TODOS os dias, várias vezes ao dia.
☠ Exercícios físicos? Nunca. Fiz pilates por 3 anos mas era algo calmo, só pra esticar mesmo e melhorar a postura e articulações.
☠ Em um único final de semana cheguei a comer 3 Steakers Triplos no Burger King.


"Estou viva. Mas acho que se continuasse assim, 

não seria por muito tempo."



Por que mudei? Vou ser clara e direta, certo dia notei que minhas calças estavam apertadas demais na cintura, e em todas as fotos que eu tirava eu não me sentia bem, me sentia inchada, sempre cansada, sempre com fome, um ciclo vicioso. Eu subi na balança e vi um número que nunca tinha visto, o que me desanimou ainda mais, estava sempre indisposta, perdendo cabelo, unhas fracas, pele pálida, e sem vontade de fazer nada. Eu percebi que tinha chegado a hora de mudar, eu precisava. Mas eu não queria uma dieta, eu queria uma mudança definitiva.

Então por influência da minha amiga Taís e por assistir os snaps do Doutor Barakat (doutorbarakat) e da Yasmin Brunet (yabrunet), resolvi mudar e seguir os conselhos deles.


O que mudei?


✓Troquei a farinha branca por: farinha de arroz e integral sem glúten.
✓ Troquei o azeite pelo óleo de coco.
✓ Troquei o açúcar normal por mascavo ou orgânico e em pouca quantidade.
✓ Bebo água, MUITA água.
✓ Massa normal por massa de arroz.
✓ NADA de fritura, só assado.
✓Dou preferência para os produtos orgânicos, sem glúten, sem lactose e sem gordura trans.
✓ Sal normal por sal rosa.
✓ Zero leite.
✓Chocolate ao leite por chocolate 85% cacau (e só de vez em quando).
✓ Bala de goma pela bala de alga.
✓Cortando aos poucos todos os produtos industrializados.
✓ Fast food, refrigerante, doces, corantes, nomes estranhos nos ingredientes: cortei tudo.














Dicas:

 Não acredite no que a "capa" da embalagem diz, o que importa são os ingredientes, é o que eu olho direto agora.
 Os ingredientes estão na ordem de quantidade, então fuja se o primeiro for sal, açucar ou farinha (farinha enriquecida com ácido e ferro fólico).
 Estou aprendendo, então, sempre que souber de algo novo eu dou a dica lá pelo meu SnapChat: meninicesdavida.

Agora sou maromba

Brincadeira. Comecei a fazer academia na Line Fitness, e não tenho palavras para descrever a diferença que já vi no meu corpo e na minha disposição.


Influências

Como falei antes, eu me inspirei na minha amiga Taís do MaisFitMenosFat que leva um estilo de vida maravilhoso de alimentação e exercícios e mostra que é possível e barato ter uma vida saudável, ela trabalha em casa e tem a rotina muito parecida com a minha, o que me inspirou ainda mais a acreditar que eu poderia conseguir também.


SnapChat, quem diria né, comecei a seguir a Yasmin Brunet, não gosto muito dela confesso, mas ela não come carne e nada de origem animal, da dicas muito boas de produtos nesse quesito, aí eu já estava um pouco inspirada pelo o que ela falava e tal como as coisas eram feitas, e como faziam mal, certo dia ela indicou o Doutor Barakat, aí minha vida mudou, foi um tapa na cara que ele me deu pelo celular, e eu acreditei nessas 3 pessoas e pensei: vou mudar, eu consigo.

Resultados

Mudei. Fazem 2 meses, já perdi 5 kilos, minha pele está melhor, meu cabelo não cai mais tanto, as calças estão largas e só tenho vontade de continuar.
Ainda como doces às vezes, não vou me privar de tudo entende, o segredo está no equilíbrio e nas substituições inteligentes. Encontrei vários produtos orgânicos e naturais que suprem a necessidade de coisas doces a toda hora.

Outras dicas:


✓Documentário Fad Up ( Tem no Netflix)
✓Livro:  Prato Sujo, como a indústria manipula os alimentos para viciar você.











Não é fácil, principalmente no começo, bate aquela vontade que tu fica quase louca, mas tudo é questão de costume e hábitos, assim como você se acostumou a consumir esses produtos você pode se acostumar a consumir outros.

Espero que vocês tenham curtido o post de hoje, e que talvez se inspirem a mudar também, nunca é tarde. Temos o resto da vida para ser saudável. Vou procurar sempre dar dicas lá pelo SnapChat também: meninicesdavida. :) 

\ comentários


\ Os mais amados